segunda-feira, agosto 27, 2012

Desvio colossal

O primeiro ministro que há um ano atrás ficou surpreendido com um suposto desvio colossal de 1.000 Milhões nas metas orçamentais, herdado do governo anterior, nada disse ainda sobre o desvio de 3.000 Milhões de euros nas receitas fiscais previstas para este ano.

Em vez disso, envia uma bomba de fumo, a chamada "concessão da RTP a privados", para que este tema substitua rapidamente o anterior, em termos de mediatismo.

Haverá tempo para discutir o tema RTP, quando este for apresentado pelo responsável governativo com a tutela. Neste momento é imperioso que se impeça, que sob pretexto de atingir as metas estabelecidas se imponha uma canga ainda maior sobre as costas dos portugueses.

Sem comentários: