quarta-feira, setembro 21, 2011

Comparar responsabilidades

Para os (i)responsáveis governativos regionais, parece que o buraco nas contas públicas agora revelado é semelhante a outros a nível nacional, nomeadamente em empresas de transportes, RTP, BPN, etc. Mas não é.
A Madeira representa sensivelmente 2,5% do todo nacional. Um desvio de 1.600 M€, como aconteceu na Madeira, equivaleria, extrapolando para o todo nacional, a um desvio de 64.000 M€ (Sessenta e quatro mil milhões de euros). Esse desvio colossal daria para pagar todos os desvios que se verificaram a nível nacional e ainda sobrava muito dinheiro.

Extrapolando a totalidade da dívida da Madeira, incluindo: dívida directa; encargos assumidos e não pagos; concessões e PPP, etc, que segundo consta já está perto dos 8.000 M€ teríamos uma dívida nacional de 320.000 M€.

Isto significa apenas uma coisa: que a irresponsabilidade dos governantes regionais é muito, mas muito superior à dos governantes nacionais. E essa atitude está claramente a colocar em causa um dos maiores ganhos da nossa democracia, que é a autonomia.
Não faltará quem a pretexto da irresponsabilidade de AJJ e seus seguidores, queira restringir a capacidade dos ilhéus decidirem os seus destinos.
Ironicamente, quem diz defender tanto a autonomia é quem mais a coloca em causa.

segunda-feira, setembro 19, 2011

Podemos acreditar em Alberto João Jardim?

A 27 de Agosto deste ano, portanto há 3 semanas, o Jornal da Madeira dava notícia que "O presidente do Governo Regional assegurou ontem, na abertura da 14ª edição da Expo Porto Santo que a dívida total da Madeira não chega a um orçamento regional".

Hoje sabe-se que "A dívida total da Madeira chega aos cinco mil milhões de euros, um valor que representa três vezes mais o orçamento anual da região autónoma, e que é superior ao valor da tranche de empréstimo entregue ontem a Portugal pela troika, 3,98 mil milhões de euros, segundo o Diário Económico."

domingo, setembro 18, 2011

Sanção por violação dos limites de endividamento

Pode ler-se na Lei das Finanças das Regiões Autónomas o seguinte:

Artigo 31.º
Sanção por violação dos limites ao endividamento
1—A violação dos limites de endividamento por uma
Região Autónoma origina uma redução nas transferências
do Estado que lhe é devida no ano subsequente
de valor igual ao excesso de endividamento face ao limite
máximo determinado nos termos do artigo anterior.
2—A redução prevista no número anterior processa-
se proporcionalmente nas prestações a transferir
trimestralmente.

Estará o PSD de Passos Coelho a considerar a aplicação destas sanções?

sexta-feira, setembro 16, 2011

Quem pagará?

Não se questiona a obra, mas pode questionar-se o que custou a obra e quem beneficiou com esse excesso de custo.

Comparativamente, só fomos melhores que outros na medida em que gastamos tanto, ou nos endividamos tanto para fazer sensivelmente o mesmo. A partir do momento em que vão aparecendo as dívidas e nos apercebemos que pagamos um ferrari para afinal ter um fiat uno, vem-nos a questão essencial: Quem pagará?

Pagarão todos aqueles que directa ou indirectamente beneficiaram com a má gestão e desperdício, ou pagarão todos aqueles que concordando ou não, não tiveram voto nas escolhas feitas, e mesmo podendo fazer escolhas, nunca tiveram acesso à informação a que tinham direito?

Muitos optaram por não pagar e emigrarão. Outros, porque já comeram carne suficiente e não querem roer os ossos, fugirão com o dinheiro roubado aos madeirenses.

Como gastam o nosso dinheiro na Madeira IV

€ 180.872 para "Embalagem, Transporte, Montagem e Desmontagem da Exposição de Arte Déco da Colecção Berardo"

Link: http://www.base.gov.pt/_layouts/ccp/AjusteDirecto/Detail.aspx?idAjusteDirecto=169799

Como gastam o nosso dinheiro na Madeira III

€ 189,285 para organizar um torneio de golfe.

Link: http://www.base.gov.pt/_layouts/ccp/AjusteDirecto/Detail.aspx?idAjusteDirecto=34672

Como gastam o nosso dinheiro na Madeira II

€ 199.000 pagos ao BANIF por "consultoria financeira".
Link: http://www.base.gov.pt/_layouts/ccp/AjusteDirecto/Detail.aspx?idAjusteDirecto=47211

Como gastam o nosso dinheiro na Madeira I

€ 198.000 em viagens e estadias no Porto Santo gastos pelo Instituto de Gestão da Água e a Valor Ambiente na Madeira.

ver neste link: http://www.base.gov.pt/_layouts/ccp/AjusteDirecto/Detail.aspx?idAjusteDirecto=131496