segunda-feira, junho 06, 2011

Bloco de esquerda

Parece-me evidente que o PS e o BE partilham uma parte do eleitorado, que nestas eleições se agregaram ao PS tentando evitar a vitória da direita.
Esse eleitorado constitui uma parte considerável do que tinha sido o eleitorado do BE nas últimas eleições de 2009.
Sabendo isso, torna-se ainda mais estranho perceber os ataques sistemáticos do BE ao PS, descurando os ataques à direita, chegando ao ponto de considerar tudo a mesma coisa.
Não tenho nenhuma procuração dos eleitores que flutuam entre o BE e o PS mas parece-me que estes apenas optam pelo BE se essa escolha se traduzir numa inflexão para a esquerda do PS e apenas quando não está em causa a vitória do PS. Quando a vitória do PS está ameaçada, votam PS... ou ficam em casa.
Deste modo, qualquer estratégia política do BE que tenha por objectivo deitar o PS a baixo, como aconteceu nestas eleições, é uma estratégia suicida.

Sem comentários: