quinta-feira, abril 28, 2011

Recaida

Diz a sabedoria popular que uma recaída é pior que a doença.
Sabendo disso e sabendo que o governo socialista em 2005 encontrou o país com um défice acima dos 6% e com uma dívida externa a crescer, e em 2008 quando já tinha controlado o défice, colocando-o nos 3%, apanhou com a crise do sub-prime que afectou todo o mundo, como se pode querer esconder que enquanto que para muitos países a crise foi uma doença, para Portugal foi uma recaída?

Querendo ignorar o que se passou há apenas 5 anos, vêm agora algumas avezinhas querer comparar o incomparável, como se as condições de combate à crise fossem as mesmas em Portugal e noutros países europeus.
Apesar de tudo, enfrentamos a crise com melhores resultados que outros que estavam bem melhores que nós antes da crise, como é o caso da Irlanda.

Que a memória viva nos impeça de cometer erros de julgamento.

Sem comentários: