segunda-feira, março 07, 2011

A política do medo

Sondagem que dá vitória à extrema-direita está a chocar a França


De Angola à França, passando pela Madeira, e ao contrário do que os políticos pensam, as pessoas valorizam a segurança, a ordem e a previsibilidade ao funcionamento democrático do seu país ao região.
Tal como no passado, a promessa de protecção contra os inimigos (emigrantes, concorrência estrangeira, neoliberais, comunistas etc.) pode levar os cidadãos a procura o que o Estado deixou de lhes garantir.
Se a Esquerda não tiver melhor para oferecer (do que um conjunto de chavões e frase feitas batidas e estafadas), então veremos os eleitores aderirem a essas promessas.

1 comentário:

lidia disse...

Ao contrário de Angola suponho que os europeus não valorizam a segurança pois há muito que esqueceram o que é a insegurança, à excepção da insegurança económica. A sondagem francesa que atribui altíssimas intenções de voto para a extrema direita é um faits divers!

amsf