terça-feira, março 22, 2011

A hidden agenda

O PSD resolveu explicar a que vem e emitiu um comunicado em inglês.
No seu ponto 3 a), o PSD diz que o Governo não faz as reformas que possam afectar a sua base eleitoral, "directly ou indirectly, to State-financed employment or business ventures"

Confesso não faço percebo o que querem dizer com estas "business ventures", mas quando se referem ao "State-financed employment" estão a falar de funcionários públicos. Se o PSD acha que é nos funcionários públicos que o governo deve cortar, então das três uma: o PSD vai despedir funcionários; ou vai cortar (ainda mais) os salários, ou vai fazer as duas coisas.

Sem comentários: