quinta-feira, março 24, 2011

Ele resiste. Eleições não vão ser "favas contadas"

IONLINE: Sócrates vai a eleições e está convencido de que o desfecho da ida às urnas poderá ser-lhe favorável. Antes da reunião da Comissão Política do PS de terça-feira à noite, o primeiro-ministro reiterava a um dirigente socialista do seu núcleo duro que iria apresentar a demissão ao Presidente da República e que partia para eleições com a convicção de vitória. "Passos Coelho não pense que vão ser favas contadas", garantiu Sócrates. O estoicismo do chefe de governo é assinalado no interior do PS. "Ninguém que se candidate pelo PS neste momento poderá ter um resultado tão bom como o do primeiro-ministro", referiu ao i fonte do Secretariado Nacional do PS.


Sem comentários: