quarta-feira, março 09, 2011

Chama-se fascismo

José Teles: "Invadir uma reunião interna de um partido político, como aconteceu ontem em Viseu, é uma prática introduzida há 90 anos em Itália pelos "fascios" de Mussolini, como contou Bertolucci, e chama-se fascismo (...)"

1 comentário:

amsf disse...

Não exageremos!

Parece que Portugal é um país de fascistas: uns porque invadiram um jantar partidário gritando palavras de ordem (não partidárias diga-se de passagem) e outros porque (naturalmente)puseram essas pessoas na rua.

A democracia é isto mesmo!