segunda-feira, março 14, 2011

Angola LNG

Jornal de Angola: O projecto de produção do Gás Natural Liquefeito (LNG) está na sua fase final, com o arranque previsto para o mês de Novembro. (...)

Motivado pelo interesse em reaproveitar o gás libertado nos processos de exploração petrolífera, o gás associado à exploração é actualmente queimado. Com a nova planta de LNG, vai permitir a Angola comercializar o gás natural ao mesmo tempo que reduz a emissão de CO2 para a atmosfera.
A planta do LNG Angola terá uma capacidade de produção estimada em 5,2 milhões de toneladas métricas por ano, o equivalente a cerca de 200 mil barris de petróleo por dia.
(...)
O projecto é uma “joint-venture” (parceria) entre as maiores empresas de produção petrolífera a operar em Angola, a americana Chevron, com uma fatia de 36,4 por cento, seguida pela Sonangol com 22,8 por cento, a inglesa BP, a francesa Total e a italiana Eni, com um investimento de 13,6 por cento cada.
O projecto Angola LNG está localizado a oeste da vila do Soyo, entre o rio Zaire e a base do Kwanda. Vai ocupar uma área aproximada de 240 hectares.

Sem comentários: