terça-feira, março 22, 2011

Agora a doer

Primeiro foram as sondagens. A que ninguém quis dar crédito. Agora é a sério: A extrema direita, Frente Nacional de Le Pen, teve 15% e bateu-se com o UMP de Sarkozy que teve apenas mais 2% (17%).

Sem comentários: