sexta-feira, dezembro 17, 2010

Uma revolta justa

O Governo Regional da Madeira vai roubar os funcionários públicos de parte dos seus ordenados e deixar as pequenas empresas irem à falência, enquanto gasta o nosso dinheiro no Jornal da Madeira e em futebóis.
Perante este roubo, é mais do que justo e esperado que se revoltem. Os sindicatos deviam se unir para fazer se manifestarem na Quinta Vigia, no Parlamento, no Governo Regional, no JM, nos Barreiros e exigirem que o nosso dinheiro seja usado para ajudar quem trabalha. Como é que os que roubam o povo desta forma podem dormir?

Sem comentários: