sexta-feira, dezembro 31, 2010

Eu ainda sou do tempo...

...em que não existia gabinete de avaliação do ensino (GAVE), que foi criado em 2005 e em que a única avaliação que existia ao ensino em Portugal era o PISA da OCDE.

Hoje em dia, não só fazemos avaliação interna, como esta é ainda mais exigente que a avaliação externa.

Quando não fazíamos avaliação diziam que éramos exigentes. Agora somos facilitistas.

Percebe-se bem a falta de conforto de alguns intervenientes da área da educação em ver expostas as fragilidades do nosso ensino, mas sem avaliação não há melhorias.


BOM ANO DE 2011.

Sem comentários: