quinta-feira, dezembro 30, 2010

Apanhem que é policia Vs Culpem o médico pela doença

Se a tentativa de responsabilizar o supervisor bancário pelas falcatruas efectuadas no BPN, deixando de fora tudo o que era gestor daquela santa casa dos amigos do cavaquismo, já era uma pouca vergonha sem nome, a tentativa de Cavaco para sacudir a culpa e atribuir aos gestores actuais a responsabilidade pela situação a que se chegou, é o fim da picada.

Cavaco é um sem vergonha e um cara de pau da pior espécie.
Querer omitir a actuação criminosa de Oliveira e Costa e Dias Loureiro na condução que levou o BPN ao ponto de ter de ser nacionalizado (não me lembro de cavaco ter vetado a nacionalização ou sequer ter feito reparos) não cabe na cabeça de ninguém.

A versão do CDS era a do Apanhem que é polícia. A versão de Cavaco é a de culpar o médico pela doença.

1 comentário:

Anónimo disse...

Um valente tiro no pé , e sem ser muito apertado por Manuel Alegre ao que ouvi nos comentários pois não vi o debate , não lembraria nem ao Menino Jesus , aproveitando a época que atravessamos e o facto de Cavaco até ser homem de muita fé religiosa , vir culpar a actual administração de algo que nem um milagre resolveria , a situação do B.P.N. era de falência e ainda é , tratou-se apenas de minimizar os danos e evitar o efeito dominó que o encerramento do banco certamente acarretaria para o sistema financeiro português ! Para cumulo o presidente d CGD é antigo ministro de Cavaco e tal qual o actual responsável pelo B.P.N. e vice d Caixa são ambos de comissão de apoio á recandidatura do actual presidente , portanto até terão bastas oportunidades para explicar ao Presidente como tudo se passou no malfadado B.P.N. !
Jacinto Gouveia