quinta-feira, outubro 21, 2010

Publicidade destrutiva

Este Alberto João é um ponto.
Esta de expor na praça pública os bancos que emprestam dinheiro a quem não pode pagar, dá cabo da imagem de responsabilidade que muitos bancos esforçam-se, com dificuldade, por manter.

Se eu fosse banqueiro, pedia encarecidamente que o presidente do GR não me incluísse nessa lista negra dos bancos irresponsáveis. Mais tarde ou mais cedo os clientes começarão a perceber que são as suas próprias poupanças que estão em causa e desatam a retirar o dinheiro, acelerando a queda em desgraça.