quarta-feira, outubro 06, 2010

Argumentos para a irracionalidade

O PS-M parece estar a dar por certo que o PSD-M tentará ir à boleia do plano de austeridade da República, tomando as mesmas medidas mas não assumindo as responsabilidades, como é seu timbre e já foi muitas vezes feito no passado.

Mas esse não é o pior cenário.

Em meu entender o pior cenário será aquele em que o PSD-M se recuse a tomar medidas para resolver a situação calamitosa das finanças regionais.
Não nos podemos esquecer que no próximo ano há eleições, e que o PSD-M em tempo de eleições eleva ainda mais a sua irresponsabilidade.
Deste modo, não aplicando as medidas duras mas necessárias para o equilíbrio das contas regionais, o PSD-M usaria o argumento de que não precisa tomar medidas porque a situação na Madeira é melhor que no resto do País.

Perderia a Madeira porque veria mais uma vez adiada a situação em que está, e perderia o PS-M por ficar associado, mesmo não querendo, às medidas do governo da república.

1 comentário:

Michelangelo disse...

Tino,

Não concordo que classifiques esse cenário como sendo o pior.

Por muito que o PSD-M engane e tente iludir a realidade dos madeirenses eles sabem bem o estado das contas regionais e como tal irão aproveitar mais esta dádiva da república.

Até porque, ao contrário do que acontecia até aqui, agora já não será muito fácil esconder o que se passa na região.

Sem forma de se endividar mais (já não há banco que empreste dinheiro à Madeira) e sem receitas para cobrir as despesas correntes o governo regional se não aplicasse o pacote de austeridade ia fazer reflectir a crise ainda mais directamente nos madeirenses: ia falharainda mais nos pagamentos às empresas que lhe prestam serviço, o que por sua vez iria fazer disparar as falências e aumentar ainda mais o desemprego.

E estaria então criado o cenário que o PSD-M mais teme: uma crise que se fça sentir nos bolsos do madeirenses e que os desperte para um novo rumo...