sábado, setembro 04, 2010

O lobbie dos meios aéreos

O PSD-M, numa das suas conhecidas fugas em frente, tenta sacudir as responsabilidades relativamente à sua total ineficácia na prevenção e combate aos incêndios.
Em meados de Junho, o responsável pelas florestas na Madeira, Eng. Rocha da Silva, dava uma entrevista a dizer que na Madeira não havia época de incêndios. Nessa mesma entrevista revelava que os poucos postos de vigia estavam vazios, apelando ao voluntariado para ocupar esses postos. Não há dúvida que é uma atitude profissional. Só falta mesmo culpar os voluntários por não terem alertado para os incêndios atempadamente.
Mais recentemente e quando os incêndios já haviam torrado mais de 15% da nossa floresta, e era notória a impossibilidade dos bombeiros fazerem um combate eficaz, devido aos dificeis acessos que dificultam o combate aos incêndios, e quando de todo o lado, desde partidos a associações ecológicas apelavam a vinda de meios aéreos, vem o mesmo responsável govenamental, criar a teoria do lobbie dos meios aéreos.
Hoje vem o blogista LFM dar a deixa para toda a comunicação social seguir.
1 - "Alguem consegue explicar porque razão a área ardida quase triplicou no continente depois da entrada ao serviço dos meios aéreos?"
2 - "Terá um responsável francês pela protecção civil dito que os meios aéreos de combate a incendios são um polvo que destroi a floresta?"


A primeira interrogação só é confirmada no período em que o PSD estava no Governo e os meios aéreos eram os do ex braço direito de Cavaco Silva, Dias Loureiro.
Já no governo do PS, essa informação da triplicação dos fogos não se confirma, nem neste ano que foi de longe o pior de todos e havia tantos meios aéreos como nos anos anteriores.
A segunda interrogação não é para ser confirmada. Serve apenas para dar consistência à primeira. Perceberam?

Bom mesmo era que o Sr. Malheiro e o Sr. Rocha da Silva explicassem porque razão ardeu tanta floresta na Madeira este ano, mesmo sem o maldito lobbie dos meios aéreos.
Terá sido o lobbie da incompetência que tomou conta deste governo?

Sem comentários: