quinta-feira, setembro 02, 2010

Imaginem o contrário

Portugal tem uma economia pequena e periférica, e as suas debilidades são conhecidas.
À conta disso o risco de incumprimento percepcionado pelos agentes económicos é elevado, estando mesmo entre os 10 países onde esse risco é superior.
Até há pouco tempo Portugal ocupava o 8º lugar desse negro ranking, estando entre o Iraque (7º) e a Irlanda (9º).
Recentemente, o risco de incumprimento da Irlanda superou o de Portugal e daí para cá esse fosso tem-se alargado.
Estes factos não têm merecido grandes destaques da nossa comunicação social, como é habitual.
Agora imaginem que, em vez de Portugal estar numa posição mais favorável que a Irlanda, tivesse passado para uma posição menos favorável que o Iraque. Quantas manchetes não se fariam com essa notícia!?
Por alguma razão, a comunicação social destaca sempre as más notícias face às positivas.
Será pedir muito que sejam isentos!?

P.S. - Aqueles que aconselharam o governo Português a tomar as mesmas medidas que a Irlanda, nomeadamente os cortes nos salários da FP, afirmando que esse era o caminho corajoso que deveria ser seguido no nosso país, estão agora calados que nem ratos.

Sem comentários: