sexta-feira, março 19, 2010

Óbvio, mais óbvio não há!

Nuno Garoupa, Professor de Direito da University of Illinois: "Todos sabemos quem está na origem das violações, o procurador responsável pelo processo."

Sem comentários: