sexta-feira, março 12, 2010

Da tontaria generalizada

Espalhou-se com uma facilidade espantosa a ideia que para as empresas, que actuam ou têm interesses comunicação social, venderem ou comprarem participações teria de haver uma espécie de bênção do poder político.
Entretanto, os espanhóis da família Polanco vendeu parte da PRISA à um grupo americano. Acordem, na era da globalização os governos não controlam as empresas, nem estas actuam ao sabor dos desejos políticos.

Sem comentários: