quarta-feira, fevereiro 17, 2010

Victor Constâncio com o pelouro da supervisão financeira

Victor Constâncio está de parabéns.
A nomeação para vice-presidente do BCE por parte dos ministros das finanças da UE é sem sobra de dúvida o reconhecimento da elevada craveira e competência técnica do ainda governador do Banco de Portugal.
Também o pelouro que ocupará, o da supervisão financeira, é o reconhecimento de que o seu papel como supervisor fez com que Portugal fosse dos países que menos gastaram para salvar o sistema financeiro.

Para aquela direita que venera o sector privado e que tudo faz para denegrir o público, seria bom não se esquecerem que muitas das empresas privadas do sector financeiro, responsáveis por auditorias e notações de risco, erraram muito mais que o sector privado.

Se algo ficou claro nas responsabilidades da crise que estamos a atravessar, é que ninguém está imune ao erro, mas uns erraram muito mais que outros, e o Dr. Victor Constâncio, dentro dos que tinham a responsabilidade da decisão foi dos que menos cometeram erros.

O seu lugar como vice-presidente do BCE é inteiramente merecido, e este muito ficará a ganhar com o seu empenho e sabedoria.

Sem comentários: